segunda-feira, 27 de julho de 2009

O Escudo (voz da verdade)

video

Grupo Louvor e Adoração

O grupo das Irmãs da igreja República do Céu, louvando ao Senhor, junto com as irmãs o cantor Josseil com o hino Mestre.

video

sábado, 18 de julho de 2009

A Peça

O grupo de jovens da Igreja da cidade de Osasco realizaram uma linda peça, que falava sobre a perseguição de satanás aos jovens, na peça os jovens demonstraram como é fácil o caminho que se leva a perdição através das drogas da prostituição da bebida e o quanto é difícil se livrar de tudo isso, porque satanás faz de tudo para que o jovem não volte para Deus.

Coral louvor e Adoração:




Deus corrige aquele que Ele ama

Você já foi repreendido por Deus alguma vez? É uma experiência inesquecível. Eu, por diversas vezes, precisei ouvir o Senhor falar um pouco mais duro comigo, para que meus olhos espirituais se abrissem para ver os erros e pecados que estavam escondidos em meu coração.

O Senhor faz isso porque nos ama! Imagine se Ele, bondoso como é, nos deixaria entregues a própria sorte? Não traria ao nosso coração sua vontade soberana? Quando você perceber que o Pai Celestial está lhe repreendendo, glorifique o nome dEle, ele faz isso porque te ama!

Deus te abençoe!

Amar uns aos outros

De acordo com Paulo, o amor fraternal nos é ensinado por Deus: “Vocês mesmos já foram ensinados por Deus a se amarem uns aos outros” (I Tessalonicenses 4:9).

O ser humano, entregue a si mesmo, não tem recursos para amar. A conduta natural do ser humano é a da prioridade. Nós lutamos por aquilo que nos “pertence”: nosso território, nossas coisas, nossa família. Esta postura se
estende até ao mundo religioso: nós gostamos daqueles que freqüentam nossa igreja e rejeitamos os diferentes, que pertencem a outros grupos religiosos. Só que esta postura vai mais profundamente e também atinge nossa família: nós “amamos” os familiares que concordam conosco e aborrecemos os que ousam ser diferentes.

Por isso tudo, somente o Senhor nos ensina e nos habilita a amar. Amar os diferentes. Amar os ingratos. Amar os injustos. Este tipo de amor é a atitude com que Cristo nos ama: isto é, de uma maneira incondicional. Ele nos ama porque Ele é amor. Ele nos ama, não porque nós o mereçamos, mas porque Ele decidiu nos amar. É baseado nisto que Paulo concluiu que o Senhor quer nos ensinar a amar uns aos outros. Não na base do que os outros mereçam, mas na base do amor transformador com que Ele continuamente nos ama. Amar uns aos outros é coisa unicamente de Deus.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ancioso e impaciente


SALMOS [37]
3 Confia no Senhor e faze o bem; assim habitarás na terra, e te alimentarás em segurança.
4 Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.
5 Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.